O preconceito não tem peso físico que possa ser contabilizado em uma balança, mas pesa bem mais que o corpo de um gordo.

O preconceito não tem sexualidade nem preferência por gênero, mas é tão violento quanto um estupro.

O preconceito não tem cor visível, mas com toda certeza é bem mais escuro que a pele de um negro.

O preconceito não tem preço ele é distribuído de graça, o preconceito é vivo e se move com rapidez de um lince, espalha-se como um vírus, impregna o mundo e permanece anônimo mesmo quando esta mostrando a cara.

Dê voz a sua luta, seja contra o preconceito seja ele em que seguimento social esteja, o peso do preconceito pode ser grande,

porem o peso da sua força é bem maior.(Milly Costa)

14 de mai de 2011

Desligando a Tv.


Olá meninas aqui vai a primeira postagem do Peso após a nossa repaginação, espero que gostem da crônica e lembrem-se que o peso do preconceito é contra qualquer tipo de preconceito. 

O telejornal começa e uma grande duvida paira sobre a cabeça, desligar ou não desligar o aparelho de televisão, gosto muito de ver as noticias, acho que o correto é dizer gostava muito de ver as noticias, agora tenho duvidas em desligar ou não a tal da Tv. Alguém precisa desligar o mundo reorganizar o sistema, aperfeiçoar as pessoas, desembaçar a vida e depois ligar tudo novamente, e ai sim acho que as noticias pareceram boas novamente.
Ouvi que a noticia do dia era os protestos contra a legalização dos direitos gays no país, ouvi dizer que era um desrespeito contra a “família” que era um desrespeito contra Deus que criou o homem para a mulher e a mulher para o homem...
Ouvi dizer que, os homens ainda ganham mais que as mulheres, mesmo tendo a mesma função, ou estando a mulher em cargo superior em determinadas instituições  isso faz parte da cultura da empresa, e em determinados cargos não são aceitas mulheres.
Ouvi que um deficiente físico foi impossibilitado de adentrar um prédio pois não existe rampa de acesso, ninguém quis parar para ajudar a levantar a cadeira de rodas , ou que o cadeirante não poderia trabalhar em determinada vaga já que o acesso dele ao prédio não seria fácil.
Ouvi que aquela criança de pele negra foi presa no mercado quando entrou sem camisa para comprar um pacotinho de biscoitos com o dinheiro que sua mãe te deu como agrado, mas que aquele trombadinha de pele branca entrou no mercado pegou um pacote de chiclete e ninguém percebeu, só viram depois pelas fitas feitas pelas  câmeras de segurança.
Ouvi que a moça gorda foi desmoralizada por pessoas de uma loja no shopping, pois as vendedoras se uniram para dizer o quanto ela é gorda e que ela não é o publico alvo da loja, com o corpo que tem as clientes se sentiriam constrangida em comprar no mesmo espaço que ela, por tanto ela estaria convidada a sair.  
È prefiro desligar,  após muito pensar decide que prefiro  desligar a televisão e não ver o telejornal, afinal de contas vou ouvir tudo isso, me revoltar e não ter acesso a nenhum telejornal que grave uma entrevista comigo com as seguintes palavras:
- Olá sociedade irracional, gostaria muito que vocês baseassem as leis e as opiniões de vocês em fatos concretos, afinal de contas até pra ser preconceituoso é preciso ter embasamento teórico para na hora de discutir não falar merda, quer dizer que gay não merece ter direito por que você acha que não merece ótimo diga isso e pronto, só seja homem ou mulher para dizer exatamente isso e não ficar com essa conversinha mole dizendo que Deus fez o homem para a mulher, por que deus meus queridos disse que o livre-arbítrio é direito de todos, assim como ele também disse que ama seus filhos incondicionalmente, e assim como disse mais Deus disse amai todos como a te mesmo sem julgamentos, pois o julgamento só a ele pertence. Deus meus queridos criou a mulher para o homem não é isso? Só não entendo por que o homem mata a mulher quando ela resolve se separar dele....
Mais vejam só não é mesmo queridos seres humanos igualitários, pagar menos a mulher por que ela é mulher, talvez se alguém desse a elas o direito de escolha elas viessem homens, mais não existe essa oportunidade de apertar o botão vermelho quem quer nascer mulher, deveríamos levar em consideração o  fato de as mulheres, trabalharem triplamente sendo esposa, mãe, profissional... Mai que nada não é mesmo homem é homem agüenta mais peso, fala grosso coça o saco e em virtude disso deve ganhar mais. Agora se esse homem está numa cadeira de rodas tudo muda, por que talvez ele tenha deixado de ser homem por estar sentado e com algumas pequenas limitações de movimento, mai ele deve ter deixado de ser o homem perfeito então perde o direito de trabalhar para se sustentar, junto com esse direito também foi perdido o de ir e vir, já que ninguém se preocupou em construir acessos para o cadeirante, já que ele não é o homem comum aquele que coça o saco, ele não é merecedor nem do olhar dos demais imagina do resto.   
E vejam só quanta gente contraditória. Será mesmo que ninguém pensou que o “neguinho” entrou com as mãozinhas fechadas para segurar com força as moedinhas que a mãe deu, ou ninguém nem reparou em nada além do fato que ele era um negrinho sem camisa e estava entrando num ambiente de brancos um mercado, preto e sem camisa só pode ser pivete, branco de terno e gravata pode roubar o banco que ninguém sabe quem foi, mais se o preto entra no banco de mochila todo mundo fica de olho porque ali pode ter arma escondida. Deve ser por que preto já ta errado porque nasceu preto não é mesmo? Mais é que novamente não tinha o botão pra apertar na hora de nascer.   
Quanto a vocês gente idiota que planeja a vida em virtude do corpo, acreditem em mim, eu sei que vocês pensam que valem pelo corpo que tem, mais vejam só, gordo paga imposto, trabalha e pode pagar pelos produtos da loja de vocês,  no fim a única coisa que deferência você magro de um gordo é que provavelmente você não sabe nem o por que faz tanta dieta, passa tanta fome só pra receber um elogio quando no fundo esta totalmente infeliz e morta de fome, não recebeu elogios reais, já o gordo além de ter a certeza de que quem esta perto dele está porque gosta e não por mera formalidade e vai rir de sua cara quando você olhar para os lados e se ver sozinha no mundo e ainda por cima com fome.  
Bem era só isso que eu queria dizer em rede nacional, obrigada a vocês telespectadores e otários que vivem em função de não serem nada, não prestarem atenção em nada e ainda assim terem coragem de se olhar no espelho e se sentir digno, Boa noite.
 É  acho que nunca vou ser entrevistada mesmo ninguém vai querer ouvir essas verdades na televisão, não vai dar IBOP....
MIlly Costa
@GordaRevoltada
www.projeto-gr.blogspot.com 

Comente com o Facebook:

5 comentários:

  1. EU DESLIGUEI A TV A UM BOM TEMPO...hipocrisia assistida não leva a nada!!!
    é isso ai repaginação feita por que PRECONCEITO É INJUSTO SEJA LÁ PQ FOR

    Esta na hora de unirmos forças !

    #EuSouContraOPreconceito!

    ResponderExcluir
  2. Desculpa os termos:

    MAS É UMA MERDA JULGAR PELA APARÊNCIA. Chega a dar vontade de vomitar. Concordo com o texto...eu nem sei onde anda meu controle hehehe

    beijos.

    Nanazudaaaaaaaa, gracias por divulgar o VEJO VOZES aqui no teu cantinho.

    ResponderExcluir
  3. Comento isso todas as manhãs com meu marido.
    Acho que foi ontem que vi falando no Bem Estar que "OBESIDADE É DOENÇA"...jura? Daí fui pra o Hoje em Dia...a mesma coisa.
    Fui pra TV a cabo e coloquei no canal infantil...ganho mais.
    Não quero fugir do que sou...afinal sou gorda e ponto, só não concordo com tanto preconceito para tratar desse assunto.
    Parabéns pelo texto lindona
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. O blog tá lindo ! Ficou bem legal!BJS

    ResponderExcluir
  5. Adorei o texto , está de parabéns. Belíssimos argumentos !
    Fico feliz em saber que existam pessoas que pensam dessa forma !

    ResponderExcluir

Bem vindo(a), obrigada pela visita !!!
Fique á vontade e não esqueça de seguir :)
Comentários são sempre bem vindos *-*

#WTFF??!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©