O preconceito não tem peso físico que possa ser contabilizado em uma balança, mas pesa bem mais que o corpo de um gordo.

O preconceito não tem sexualidade nem preferência por gênero, mas é tão violento quanto um estupro.

O preconceito não tem cor visível, mas com toda certeza é bem mais escuro que a pele de um negro.

O preconceito não tem preço ele é distribuído de graça, o preconceito é vivo e se move com rapidez de um lince, espalha-se como um vírus, impregna o mundo e permanece anônimo mesmo quando esta mostrando a cara.

Dê voz a sua luta, seja contra o preconceito seja ele em que seguimento social esteja, o peso do preconceito pode ser grande,

porem o peso da sua força é bem maior.(Milly Costa)

19 de mar de 2012

Pílula para doença cardíaca combate preconceito racial...

O grupo tratado com propranolol obteve resultado abaixo do normal em um teste padrão sobre atitudes racistas

De acordo com estudo da Universidade de Oxford, um efeito colateral incomum foi apontado com o uso do remédio propanolol, geralmente usado no tratamento de pessoas com problemas cardíacos. A pesquisa indicou que o medicamento combate o preconceito racial.
Voluntários que receberam o betabloqueador, receitado para pacientes com taquicardia ou pressão alta, obtiveram um resultado abaixo do normal em um teste psicológico padrão sobre atitudes racistas.
Dois grupos de 18 participantes participaram do estudo, que usou métodos como categorizar palavras positivas e negativas em imagens de pessoas negras e brancas.
Os resultados mostraram que, em nível subconsciente, eles são menos resistentes a outras etnias, quando comparados com outro grupo tratado com um placebo.
Medo e ansiedadeCientistas acreditam que a descoberta pode explicar o fato de que o racismo é fundamentado no medo.
O propranolol age tanto nos circuitos nervosos que regulam a frequência cardíaca, como na parte do cérebro envolvida com medo e respostas emocionais. A droga também é utilizada para tratar ansiedade e síndrome do pânico.
A psicóloga Sylvia Terbeck, autora do estudo, acha que "os resultados oferecem novas evidências sobre os processos que moldam o preconceito racial implícito no cérebro".
"O preconceito racial implícito pode ocorrer mesmo em pessoas com uma crença sincera na igualdade", explica Terbeck.

MINHA OPINIÃO SOBRE TUDO ISSO ???
SERIA MTO BOM SE TODO ESSE LIXO QUE É O PRECONCEITO EM GERAL FOSSE CURADO COM ALGUMAS DOSES DE REMÉDIO !

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. Pára tudo!!!Vixe agora racismo já tem remédio!! Gordofobia tb!? Será? kkk... Tem uma pilulazinha especial prá gente com preconceito... VERGONHANACARAPLUS!!! Pode-se tomar desde pequeno em doses homeopáticas oferecida pelos pais até que se vire uma pessoa de caráter...com essa não se precisa de outros remédios...ah..,e faz bem para o coraçãotb!! Nana...não resisti!! bjao

    ResponderExcluir

Bem vindo(a), obrigada pela visita !!!
Fique á vontade e não esqueça de seguir :)
Comentários são sempre bem vindos *-*

#WTFF??!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©