O preconceito não tem peso físico que possa ser contabilizado em uma balança, mas pesa bem mais que o corpo de um gordo.

O preconceito não tem sexualidade nem preferência por gênero, mas é tão violento quanto um estupro.

O preconceito não tem cor visível, mas com toda certeza é bem mais escuro que a pele de um negro.

O preconceito não tem preço ele é distribuído de graça, o preconceito é vivo e se move com rapidez de um lince, espalha-se como um vírus, impregna o mundo e permanece anônimo mesmo quando esta mostrando a cara.

Dê voz a sua luta, seja contra o preconceito seja ele em que seguimento social esteja, o peso do preconceito pode ser grande,

porem o peso da sua força é bem maior.(Milly Costa)

12 de out de 2011

Nossas Crianças Precisam de Ajuda



Hoje em homenagem as lindas crianças desse país vou fazer esse post, não é nada sobre como elas são lindas e fofas, também não é nada de como elas podem alegrar nossas vidas, muito menos que elas são o futuro do nosso país, por que isso tudo todos nós já sabemos de cor, eu amo crianças pela inocência que vejo no olhar delas, por que elas não nos negam sorrisos, por que elas oferecem beijos e abraços sem querer nada em troca.

Porem infelizmente a realidade em que muitas das nossas crianças vivem é simplesmente de dar medo, nossa constituição garante que toda criança deve ter direitos básicos atendidos, a caráter preferencial, ou seja entre um adulto e uma criança por essa ser indefesa a preferência é da criança sempre.  Mas assim como tantas outras leis constitucionais nada disso é atendido quem vai dizer levado a serio.

Vamos dar uma olhadinha nessas constatações:

Em média, 18 mil crianças são vítimas de violência doméstica por dia no Brasil. Os dados, apresentados pela Sociedade Internacional de Prevenção ao Abuso e Negligência na Infância (Sipani), representam 12% das 55,6 milhões de crianças menores de 14 anos.
 
Dados do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) mostram que 80% das agressões físicas contra crianças e adolescentes foram causadas por parentes próximos. Ainda de acordo com o Unicef, de hora em hora morre uma criança queimada, torturada ou espancada pelos próprios pais. 

Crianças com deficiência sofrem maus tratos. E ninguém sabe. Uma pesquisa realizada pelo Instituto Fernandes Figueira, referência em doenças genéticas da FioCruz, sugere que crianças com deficiência também são vítimas de violência – mas recebem pouco ou nenhum amparo. Uma análise feita a partir de um total de 8.000 notificações, de oito Conselhos Tutelares do Rio de Janeiro, mostrou que apenas 3% são relacionadas a crianças com deficiência. "Essas crianças que são ainda mais vulneráveis são também invisíveis aos olhos de quem pode ajudá-las", diz Rachel Niskier Sanchez, autora do estudo.


Não é preciso falar em números para perceber que as coisas não andam bem para nossas crianças, ligar a televisão no horário do jornal já mostra o quadro em que a coisa está porem me parece que quando tratamos de números a mente absorve mais rápido, parece que fica mais serio. Abaixo alguns tipos de violência praticada contra as crianças para que possamos identificar com mais facilidade.

Tipos de violência infantil:

SÍNDROME DE MUNCHAUSEN
Quando a criança é levada para cuidados médicos devido a sintomas inventados ou sinais provocados por seus responsáveis. A partir disso, ela é submetida a exames, uso de medicamentos, sofrendo conseqüências físicas e psicológicas.


ABUSO SEXUAL
É todo ato sexual em que o agressor está em estágio de desenvolvimento psicossexual mais adiantado que a criança ou o adolescente. Pode ser induzido, influenciado ou forçado.


MAUS TRATOS PSICOLÓGICOS
Englobam rejeição, depreciação, discriminação, desrespeito, cobrança ou punição exageradas. Pela falta de evidências, é o tipo mais difícil de ser diagnosticado.


NEGLIGÊNCIA
Omissão do responsável em fornecer cuidados básicos e todos os elementos necessários para o desenvolvimento da criança.

Estou escrevendo esse post, com uma tristeza muito grande, por saber que poucas pessoas denunciam que poucas pessoas se revoltam mais pouco elas podem fazer, mesmo com as denuncias existem casos que ficam impune,  não confio muito na justiça, porem só posso esperar que eles ajam e pedir a Deus que tudo sempre de certo para a proteção de nossas crianças. 

Milly Costa 
Visitem meu blog
www.projeto-gr.blogspot.com 



Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Tbm não confio nas leis infelizmente e a falta de denuncia se da por isso!
    Denunciar alguem e ficar sem proteção n~´ao adianta e por isso que vem aumentando o caso de mortes , estamos rodeados de monstros que se vingam de seus problemas da forma mais fria atingindo crianças e mulehres!

    Beijos ") @NanaP_inho
    http://meninacajuina.blogspot.com
    http://eutocorrendo.blogspot.com/
    http://gordinhasdointerior.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu costumo ajudar um abrigo que cuida de crianças tomadas pelo conselho tutelar.

    São crianças que sofreram maus tratos mas como tem pais e mães vivos, não podem seguir para adoção...muito triste :(

    Ainda bem que existem tantas organizações que lutam todos os dias para proteger nossos pequenos :)

    Bjo flor!

    ResponderExcluir
  3. Oi, adorei o post, é isso mesmo denunciar"... e, se pudermos ajudar as crianças "mais carentes" *
    Ajudo do jeito que posso, pois trabalho num meio de risco, onde crianças são constantemente agredidas e passam fome.
    Se eu oro a Deus, peço sempre por elas.
    Que o Senhor as proteja e não deixe que elas sofram mais...
    CRIANÇAS SÓ PRECISAM DE AFETO E "SAÚDE...
    Beijos da Mery*

    ResponderExcluir
  4. Muito triste, mas é nossa realidade.
    E o pior de tudo é que na grande maioria os maus tratos vem dentro de casa...pais, mães e tios.
    Corta o meu coração.
    Acho que muitas leis do ECA precisam ser revistas.
    Beijossss

    ResponderExcluir
  5. Crianças maltratadas hoje, problemas amanhã........uma pena que sejam deixados de lado ou levados na brincadeira.

    Bitokitas
    http://esprasempre.blogspot.com/
    http://ninguemtasca.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. as crianças precisam de ajuda, os adultos de educação e o ser humano de respeito


    BjO Da Natty
    @nattypyn
    http://ninguemtasca.blogspot.com

    ResponderExcluir

Bem vindo(a), obrigada pela visita !!!
Fique á vontade e não esqueça de seguir :)
Comentários são sempre bem vindos *-*

#WTFF??!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©