O preconceito não tem peso físico que possa ser contabilizado em uma balança, mas pesa bem mais que o corpo de um gordo.

O preconceito não tem sexualidade nem preferência por gênero, mas é tão violento quanto um estupro.

O preconceito não tem cor visível, mas com toda certeza é bem mais escuro que a pele de um negro.

O preconceito não tem preço ele é distribuído de graça, o preconceito é vivo e se move com rapidez de um lince, espalha-se como um vírus, impregna o mundo e permanece anônimo mesmo quando esta mostrando a cara.

Dê voz a sua luta, seja contra o preconceito seja ele em que seguimento social esteja, o peso do preconceito pode ser grande,

porem o peso da sua força é bem maior.(Milly Costa)

13 de jan de 2012

O que há de errado com elas?



A MATÉRIA DO DIS HOJE FOI ESSA :



Uma polêmica envolvendo gordinhas e anoréxicas estampou a revista americana Plus Model. Na capa, a modelo russa Katya Zharkova abraça uma modelo anônima visivelmente abaixo do peso. O contraste é acentuado pelo teor da reportagem, que além de criticar o padrão magérrimo das meninas de passarela, diz que estas jovens criaram um IMC próprio, o IMC da anorexia (IMC é o índice de massa corpórea, calculado pelo peso divido pela altura ao quadrado).
A justificativa vem logo em seguida: em um passado não muito distante (cerca de 30 anos atrás) as modelos de passarela pesavam 8% menos que a média da população feminina. Hoje em dia, são cerca de 23% mais magras. Os leitores, no entanto, atacaram não apenas o padrão de beleza anoréxico, mas também a moda das gordinhas. Segundo parte deles, assim como privilegiar as modelos de IMC 14 (o normal é entre 18,5 e 25) é um problema, militar do outro lado é um erro grave. “As modelos obesas são uma resposta a isso tudo, mas não devem ser o padrão”, escreveu uma leitora, inconformada. Concordo com ela. Há um meio-termo que não aparece nos editoriais de moda ou nas passarelas. Por que o corpo não pode ser como a das misses dos anos 80, curvilíneo e com IMC saudável, tamanho 40 ou 42? FONTE

Defendendo o meu lado de IMC não saudável, mas de tachas no lugar, porque não posso ser respeitada por isso ?!Porque ser diferente é tão ruim, por que não ser cópia afronta tanto ? Qual sua opinião ?!!

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Mandou bem no post amiga, é isso aí acho que a beleza tem que estar relacionada com a saúde, quantas modelos anoréxicas, que já vimos que ate morreram de desnutrição, isso é o fim da picada, a busca pela beleza inatingível ! Beijos , querida e sucesso sempre pra você!

    http://aprendizdecabeleireira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. ESSAS SÃO AS PIORES MATÉRIAS QUE ESCONDEM POR TRAS UM PUTA DE UM PRECONCEITO...ELES NÃO SE INCOMODAM SE VC TEM IMC SAUDAVÉL OU NÃO QUEREM IMPOR UMA DITADURA...DITADURA DO QUE CONVEM...ROUPA PRA GORDO GASTA MAIS TEMPO PRA SER COSTURADA, GASTA MAIS TEMPO...MODA PRA GORDO DA TRABALHO, ENTÃO ISSO ASSUSTA "O MUNDO DA MODA"...RESUMINDO VC É GORDO ? SE MATA PQ VC NÃO TEM ESPAÇO... VC É GORDO SE ENROLA NO LENÇOL E SE TRANCA NO QUARTO COM UM POTE DE SORVETE NO MEIO DAS PERNAS...AH VÁ!

    ResponderExcluir
  3. Em um mundo onde deveria predominar o RESPEITO, costumam jogar os "opostos" um contra o outro. Todos sabemos que o excesso não é bom, e, em ambos os casos, estar acima do peso ou abaixo do peso não são exemplos a serem seguidos. Mas quem falou que queremos ser um ou outro? Queremos apenas RESPEITO, temos esse direito e também esse dever, de RESPEITAR. E concordo com você Nana Pinho, quando se trata de gordinhos, somos tratados com desprezo, e por outro lado, as pessoas anoréxicas recebem o mesmo tratamento. A diferença é que o acima do peso é visto como desleixado e o anoréxico é tratado como digno de pena. Tanto um quanto outro é o resultado de uma manipulação e ambos necessitam de atenção, principalmente no quesito Saúde. É triste que as pessoas não consigam compreender isso.

    ResponderExcluir
  4. Não acho que devemos ser desprezadas por sermos gordas, mas tb não acho que devemos criticar excessivamente pessoas magras: tenho duas amigas super próximas que parecem anoréxicas de tão magras devido ao metabolismo acelerado. E olha que ambas comem bem e detestam ser magrelas!

    Concordo com o que disse a CWB aí em cima, as pessoas tem que respeitar as diferenças e conviver com elas, ao invés de ficar jogando uma contra a outra...

    Beijo grande e excelente final de semana!

    Raissa Kahn
    @recemjuntada
    www.recemjuntada.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Sabe seu comentario Nana , concordo totalmente , me sinto exatamente assim sobre este assunto

    ResponderExcluir

Bem vindo(a), obrigada pela visita !!!
Fique á vontade e não esqueça de seguir :)
Comentários são sempre bem vindos *-*

#WTFF??!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©