O preconceito não tem peso físico que possa ser contabilizado em uma balança, mas pesa bem mais que o corpo de um gordo.

O preconceito não tem sexualidade nem preferência por gênero, mas é tão violento quanto um estupro.

O preconceito não tem cor visível, mas com toda certeza é bem mais escuro que a pele de um negro.

O preconceito não tem preço ele é distribuído de graça, o preconceito é vivo e se move com rapidez de um lince, espalha-se como um vírus, impregna o mundo e permanece anônimo mesmo quando esta mostrando a cara.

Dê voz a sua luta, seja contra o preconceito seja ele em que seguimento social esteja, o peso do preconceito pode ser grande,

porem o peso da sua força é bem maior.(Milly Costa)

19 de jun de 2013

Thammy Gretchen ironiza aprovação de proposta para ‘’cura gay’’: ‘’Tô doente desde que nasci’’



Atriz desabafou após decisão da Comissão de Direitos Humanos de permitir aos psicólogos que façam tratamento "contra a homossexualidade" do paciente.

Em entrevista para revista contigo Thammy disse "Quero muito me curar" de forma ironica!


Homossexual assumida, Thammy Miranda não escondeu sua indignação ao tomar conhecimento, nesta terça-feira (18), da aprovação pela Comissão de Direitos Humanos, comandada pelo deputado Marco Feliciano, do projeto que permite aos psicólogos fazer tratamento de cura em gays.

Revoltada com a decisão, a atriz publicou um texto bastante irônico em sua página no Instagram, na qual diz estar doente há 30 anos.

“Venho por meio deste comunicar que estou impossibilitada de trabalhar. Tô doente desde que nasci e aos 30 anos ainda não consegui minha cura! Preciso da ajuda do governo para pagar minhas contas e sustentar os meus luxos. Me coloco também a disposição do Deputado em questão a me curar, pois não sei mais o que vou fazer da vida com essa minha doença que já dura 30 anos! Peço a ele também, bolsa desemprego, bolsa alimento, bolsa gasolina, bolsa balada, bolsa cabeleireiro, bolsa imposto. Porque tô muito doente e não posso nem sair na rua, da que eu passo isso pra alguém? Vai que é contagioso e todo mundo ‘fica’ gay por minha culpa? ‘FICA’, né? Porque se é doenças, eu não sou gay e sim ‘ESTOU’ gay... Enfim, DEPUTADO, estou ansiosamente no aguardo do seu contato, pois quero muito me curar! Não sei se consigo viver mais 30 anos com essa doença!”, desabafou Thammy Miranda. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindo(a), obrigada pela visita !!!
Fique á vontade e não esqueça de seguir :)
Comentários são sempre bem vindos *-*

#WTFF??!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©