O preconceito não tem peso físico que possa ser contabilizado em uma balança, mas pesa bem mais que o corpo de um gordo.

O preconceito não tem sexualidade nem preferência por gênero, mas é tão violento quanto um estupro.

O preconceito não tem cor visível, mas com toda certeza é bem mais escuro que a pele de um negro.

O preconceito não tem preço ele é distribuído de graça, o preconceito é vivo e se move com rapidez de um lince, espalha-se como um vírus, impregna o mundo e permanece anônimo mesmo quando esta mostrando a cara.

Dê voz a sua luta, seja contra o preconceito seja ele em que seguimento social esteja, o peso do preconceito pode ser grande,

porem o peso da sua força é bem maior.(Milly Costa)

17 de jun de 2013

Estamos de volta... "Campanha contra o Estatuto do Nascituro"


Foto Divulgação



Entre idas e vindas percebemos que precisamos ficar, e ficar não quer dizer blogar atrair seguidores ou coisas parecidas, precisamos ficar FORTES, PRESENTES, OPINANDO SIM, opinando sobre os assuntos que circulam na sociedade é por isso que estamos aqui ficando.

Poderíamos recomeçar falando sobre todas essas manifestações que estão acontecendo e falaremos sobre elas, mas não agora. Hoje queremos dar um ar FEMINISTA para o blog e não é só porque ele é composto por mulheres, mas porque de tudo que ouvi de negativo contra a mulher no passado ainda tem impacto hoje, imagina uma lei que retira todo e qualquer direito sobre o nosso corpo.

Estou falando sobre o Estatuto do Nascituro.
Para quem não sabe o que é o estatuto do nascituro ele não só impede a escolha do aborto, mas ele promove a mulher a mero objeto que tem obrigação de deixar o direito sobre o seu corpo nas mãos do estado. Defende ligação entre uma vitima de estupro e seu estuprador através de uma linha de pensão e de nome na certidão de nascimento.

Não vou entrar aqui em todos os detalhes acho que isso é um objeto de pesquisa e entendimento que todos da sociedade devem se dedicar a fazer, tenho minha indignação particular com essas leis, nunca fui estuprada porem entendo que nenhuma vitima de estupro quer manter uma gravides muito menos receber pensão visita e ter o nome do estuprador vinculado ao seu seja lá em que documento for.

Por isso pedimos a você mulher que tem respeito próprio, que entende que por anos aconteceram diversas lutas para que chegássemos num lugar mediano em que nós encontramos hoje, porque toda a luta e ainda ganhamos menos que os homens e com toda luta ainda somos vitimas de todos os tipos de abuso, é por isso que pedimos que digam não ao Estatuto do Nascituro.

Então convidamos vocês a participar do nosso protesto, tirando uma foto sua com uma frase libertaria do lado, demonstrando sua insatisfação com essa falta de respeito ao corpo da mulher. Sua foto será o nosso protesto.

Envie sua foto para nosso email opesodopreconceito@gmail.com


Comente com o Facebook:

Um comentário:

Bem vindo(a), obrigada pela visita !!!
Fique á vontade e não esqueça de seguir :)
Comentários são sempre bem vindos *-*

#WTFF??!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©