O preconceito não tem peso físico que possa ser contabilizado em uma balança, mas pesa bem mais que o corpo de um gordo.

O preconceito não tem sexualidade nem preferência por gênero, mas é tão violento quanto um estupro.

O preconceito não tem cor visível, mas com toda certeza é bem mais escuro que a pele de um negro.

O preconceito não tem preço ele é distribuído de graça, o preconceito é vivo e se move com rapidez de um lince, espalha-se como um vírus, impregna o mundo e permanece anônimo mesmo quando esta mostrando a cara.

Dê voz a sua luta, seja contra o preconceito seja ele em que seguimento social esteja, o peso do preconceito pode ser grande,

porem o peso da sua força é bem maior.(Milly Costa)

16 de jun de 2011

#OFF- O PESO DO PRECONCEITO


QUERO AGRADECER A TODOS QUE PASSARAM POR AQUI E NOS DERAM ANIMO DE MANTER O BLOG E NOSSO IDEAL,SEGUIDORES,PARCEIROS,CURIOSOS,CRITICOS,SIMPATIZANTES 
DEIXO MEU CORAÇÃO A CADA UM DE VCS,MAS CHEGOU A HORA DE PARAR
NÃO DE ACREDITAR E DEFENDER O QUE PENSO MAS DE DAR MURRO EM PONTA DE FACA

VOU SEGUIR LUTANDO POR DIGNIDADE E QUEM SABE UM DIA VOLTE PRA DIZER QUE VENCEMOS ESSE MUNDO DE HIPOCRIZIA...

OBTIVE AJUDA DE MUITAS MULHERES DE PESO
E ISSO ME FEZ MAIS FORTE,MAIS MULHER
MAS INFELIZMENTE NÃO BASTA 

UM GRANDE BEIJO NO CORAÇÃO DE CADA UM 

Ganhadora do sorteio MORENA MALAGUETA


Olá pessoas!!
Hj venho divulgar a vencedora do sorteio MORENA MALAGUETA
Uma pena que pouquissimas pessoas participaram e não foi por falta de divulgação !
Mas mesmo assim fico contente pela participação das queridas e a vencedora foi ...









Kalli do Beleza sem Tamanho !!!! 
Mande seus dados por email e em breve vai receber seu premio!!

15 de jun de 2011

Maria Chuteira


Não são raros os casos de garotas obcecadas em se relacionar com jogadores de futebol.


No Brasil, o país da bola, não é diferente. Recentemente um caso chamou atenção na Inglaterra, mãe do futebol. A maria-chuteira do caso acabou sendo levada ao tribunal.
Susanne Ibru, 38 anos, é fissurada por Rio Ferdinandi, atleta do Manchester United e da Seleção Inglesa. Moradora do sul da Inglaterra, Susanne viajou mais de 600 km, ida e volta, para "visitar" o jogador. A moça fez o trajeto por três vezes, em menos de quarto meses. A Maria-chuteira foi até a casa de Ferdinandi, tocou insistentemente o interfone, buzinou e gritou pelo nome do jogador, tudo isso antes do sol nascer!

Os episódios levaram fã e ídolo ao tribunal. A estripulia saiu caro. Susanne foi condenada a dez semanas de reclusão e está proibida de se aproximar de Ferdinandi pelos próximos dez anos. Ibru tem antecedentes criminais por agressão, por perturbar a ordem pública e por cuspir no rosto de um policial. O mais curioso é que Susanne jura ser intima do jogador e que em nenhum momento o perturbou.

Parece que criar histórias é comum entre as Marias-chuteiras. A francesa autointitulada Alexandra Paressant chegou a escrever um livro contando seus casos extraordinários. Porém, não podemos acreditar em tudo o que está no livro. Um médico inglês diagnosticou Alexandra com mitomania (distúrbio psíquico que leva as pessoas a mentirem demais). Na lista de vítimas da francesa está Ronaldinho Gaúcho e Thierry Henry. O brasileiro nega o caso.

Rebecca Loos foi mais ousada. A ex-assistente pessoal de David Beckham procurou a imprensa em 2004, e revelou que mantinha um caso com o marido de Victoria. A maria-chuteira acabou ficando famosa, foi convidada para participar de um reality show, trabalhou como modelo e nunca mais saiu da mídia.

As brasileiras não deixam por menos! Em 1996, Vivi Brunieri teve um namoro relâmpago com o ex-jogador Ronaldo Fenômeno. Após o fim do relacionamento, ela mudou de nome e virou líder de um grupo de dança. Passou a se chamar Vivi Ronaldinha, apelido criado por ela mesma, e fundou o As Ronaldinhas. Com o passar do tempo a fama foi diminuindo. Como tentativa de se manter na mídia, a moça protagonizou um filme para adultos intitulado "Vivi Ronaldinha - Minha Primeira Vez". Nele, a loira contracenou com um sósia de Ronaldo. O craque conseguiu na justiça o direito de proibir a circulação do vídeo.

Cristina Mortágua é mãe de um filho do ex-jogador Edmundo. No entanto, para ter a paternidade reconhecida, Cristina teve de realizar um exame de DNA. Alguns anos depois assumiu que o relacionamento com o craque foi relâmpago e que a criança foi concebida já na primeira noite. Mortágua foi casada com Djair, ex-jogador do Fluminense. O matrimonio durou apenas três anos.

Para fechar a nossa lista, citamos Nives Celsius a ex-coelhinha da Playboy e esposa do jogador croata Dino Drpic. Ela mantém uma coluna em um jornal alemão e o assunto não poderia ser outro: a Maria-chuteira dá dicas de como conquistar um jogador de futebol.

A modelo ficou conhecida depois de ter afirmado em um programa de TV que havia feito sexo com Drpic no gramado do estádio do Dinamo Zagreb, um dia antes da Croácia enfrentar a Inglaterra.[vila mulher]

E ai elas sofrem preconceito ?!A forma com que as meninas que namoram jogadores são tratadas é errada?!?Elas realmente fazem de proposito? qual sua opinião?

13 de jun de 2011

Alcoolismo



Martha Daúd - Psicologa

Ele é um dos problemas mais graves de saúde pública e, no entanto, poucos ainda associam o hábito de beber a uma doença.

Por ser uma substância lícita, em que a fronteira entre o aceitável e o excesso às vezes é tênue, acaba facilitando a travessia da fronteira entre hábito e vício.

E com conseqüências perigosíssimas para a saúde. Para piorar, justamente por não ser ilegal, muitas vezes o problema começa em casa. E com o aval dos pais, no caso dos menores.

O alcoolismo não é uma coisa só: o excesso e suas conseqüências podem vir de um momento de abuso, em que a pessoa bebe demais, mas não constantemente, ou podem aparecer naqueles que tomam um pouco além da conta, sem ficar completamente bêbados -- mas dependem de alguns goles todos os dias, religiosamente.

Só um médico pode fazer o diagnóstico com precisão. As conseqüências vão desde a embriaguez, que é uma intoxicação capaz de gerar alterações motoras, na fala e até coma, até o delirium tremens, um estado de confusão mental, alucinações e convulsões se não bebe.

Se você bebe todo dia ou bebe muito de uma vez só, tem hábitos perigosos e pouco saudáveis, pode estar abusando do consumo de álcool.

O abuso do álcool acontece quando uma pessoa continua a beber em grandes quantidades mesmo quando este tipo de comportamento traz problemas para sua vida.

A pessoa fica bêbada aos fins de semana ou então não consegue deixar de beber um único dia sequer ainda que não chegue a ficar bêbada.

Discussões em casa sobre bebida, problemas no trabalho e com a lei (como ser preso por estar dirigindo bêbado) são sinais de abuso do álcool.

Com o passar do tempo, problemas de saúde como pressão alta, danos no fígado e no aparelho digestivo começam a aparecer.

Profissionais da área de saúde fazem uma distinção clínica entre quem tem problemas com bebidas (abuso do álcool) e quem é viciado (dependência do álcool).

Ao contrário do que acontece na dependência, o abuso não envolve sintomas de abstinência, nem o aumento da tolerância ao álcool nem o fato de as pessoas se sentirem obrigadas a beber.

Esses são problemas enfrentados por quem é dependente do álcool, ou seja, alcoólatra.

Mas se quem apenas abusa do consumo de bebidas continuar com este comportamento por algum tempo, pode atingir o estágio de dependência e também se tornar um alcoólatra.
A dependência, também chamada de alcoolismo, acontece quando a pessoa precisa física e emocionalmente de bebidas alcoólicas para se sentir bem e relaxada.

Alcoólatras não conseguem parar de beber ou controlar a quantidade que bebem, mesmo que queiram fazer isso.

Muitos bebem escondidos ou mentem sobre a quantidade que bebem. O álcool passa a controlar suas vidas. Com o passar do tempo, a tolerância à bebida aumenta e é preciso beber cada vez mais para sentir os efeitos do álcool.

O consumo excessivo de álcool além de levar à dependência causa problemas de saúde como doenças do coração, pressão alta, infarto, doença no fígado, cálculo biliar, pancreatite e certos tipos de câncer.

Essas pessoas também sofrem preconceito...pense e se coloque no lugar...não faça com os outros o que vc não quer pra si...

4 de jun de 2011

Modismo, Superficialidade e Insatisfação

Olá meninas, estou colando esse texto aqui que originalmente fiz para postar no blog Gmaravilhosas, mas como sempre gosto de dividir os textos acho que vocês aqui do Peso devem gostar então aqui esta ele:


Três palavrinhas, simpáticas e um mundo de acontecimento por trás delas. Estamos indo e vindo num ciclo viciante e contagioso de modismo, o que importa ninguém sabe, o que fazer ninguém sabe, mas todos juntos seguem rumo ao nada apenas por seguir, teleguiados num ritmo de marcha militar, todos os soldadinhos de chumbo seguem sem questionamentos acompanhando as tendências, copiando uns dos outros sem ao menos piscar, modismo puro, simples, vazio e desprovido de análise critica, mundo puramente humano e oco. Uma frase que cai perfeitamente bem e já é popular faz todo sentido nesse contexto, “Nada se cria tudo se copia”.
Indiscutivelmente, o consumismo é o modismo do momento e seria impossível copiar, padronizar e executar o protótipo da copia sem consumir os mesmos produtos que os demais, você compra coisas necessárias, desnecessárias, inúteis, surrealistas, mas compra pra dizer que tem, para provar que pode, para se sentir igual, para estar igual e provar que você é tão antenado, ligado, marcado e logicamente “feliz” como todos os outros soldadinhos que marcham a sua volta, você usa as mesmas botas, o mesmo tipo de couro, é tão saldado quanto os outros tantos saldados.
Insatisfação de vida, de emoção, de sentimento, de energia, insatisfação de ser alguém que não o alguém publicado, fotocopiado, xerocado  entre todos os alguém  que esta pairando pelo mundo, você escolhe ser o protótipo demarcado com código de barras depois descobre –se insatisfeito, procura encontrar de onde surgiu a insatisfação  em seu cérebro pré programado  de pouquinho em pouquinho vai percebendo que a insatisfação esta no fato de você ser apenas um boneco, um fantoche um soldado, até ai esta tudo correto, o pior é nunca sentir essa insatisfação isso seria a demonstração tácita da sua falta de projeção pessoal.  
Em que tipo de mundo você vive? Que tipo de pessoa você pretende ser? Seguir regras em tempo integral, ser aquilo que te dizem pra ser, não olhar adiante, não pensar, não ver?
Existe um mundo, um horizonte além desse caminho elaborado que traçaram para os gordos,existe uma vida além dessa tendenciosa era da moda GG tão aclamada e popularizada idéia de roupa, maquiagem, modelo e glamour. Você já descobriu isso? Já se descobriu? Já viu o seu potencial, de mulher, de homem, de gente, já saiu dessa casca que te limita a ser feliz por roupas bonitas, cabelo escovado e lente de contato.
Bolsa da moda não faz de você alguém aceitável, maquiagem não torna você bonito nos olhos de quem te acha feio pelo seu corpo, esses subsídios te tornam componentes sociais mais não te fazem queridos pelos demais. Diferentemente do poder de argumentação, do estilo próprio, de boas idéias, da capacidade de ser mais do que aquilo que querem que você seja. O gordo não é só gordo, e nem se torna menos gordo por se inserir ao modismo, ele só participa da convenção industrial GG e continua com a boca tapada, com a cabeça teleguiada, agora por novos ditadores de regras, uma indústria modista de peso.
Milly Costa

www.projeto-gr.blogspot.com    

2 de jun de 2011

Tudo tem 2 lados


Um velho índio descreveu certa vez seus conflitos internos: - Dentro de mim existem dois cachorros, um deles é cruel e mau, o outro é muito bom e dócil. Os dois estão sempre brigando... 
Quando então lhe perguntaram qual dos cachorros ganharia a briga, o sábio índio parou, refletiu e respondeu: - Aquele que eu alimentar.

**** "saiba que tudo que você fizer na vida, irá deixar traços, e procure ser consciente de cada ação.”
Tudo que fazemos há um lado bom e um lado ruim.....
As vezes sofremos em outras vezes fazemos alguem sofrer(nem sempre nos damos 
conta disto), porem toda a atitude tera¡ uma consequencia. 

1 de jun de 2011

O CORPO PERFEITO -Blogagem Coletiva


CIRURGIA DE LIPOASPIRAÇÃO??


Pelo amor de Deus, eu não quero usar nada nem niguém, nem falar do que não sei, nem procurar culpados, nem acusar ou apontar pessoas, mas niguém está percebendo que toda essa busca insana pela estética ideal é muito menos lipo-as e muito mais piração?
Uma coisa é saúde outra é obsessão. O mundo pirou, enlouqueceu. Hoje, Deus é a auto imagem.
Religião, é dieta. Fé, só na estética. Ritual é malhação.
Amor é cafona, sinceridade é careta, pudor, é ridiculo, sentimento é bobagem.
Gordura é pecado mortal. Ruga é contra venção. Roubar pode, envelhecer, não.
Estria é caso de policia. Celulite é falta de educação. Filho da puta bem secedido é exemplo de sucesso.

A máxima moderna é uma só: pagando bem que mal tem?
A sociedade consumidora, a que tem dinheiro, a que produz, não penssa em mais nada além da imagem,imagem, imagem, imagem, estética, medidas, beleza. Nada mais importa. Não importam os sentimentos, não importa a cultura, a sabedoria, o relacionamento, a amizade, a ajuda, nada mais importa.

Não importa o outro, o coletivo. Jovens não tem mais fé, nem idealismo, nem posição política.
Adultos perdem o senso em busca da juventude fabricada.

Ok, eu também quero me sentir bem, quero caber nas roupas, quero ficar legal, quero caminhar, corre, viver muito, ter uma aparência legal mas...

Uma sociedade de adolescentes anoréxicas e bulímicas, de joves lipoaspirados, turbinados, aos vinte anos não é natural. Não é, não pode ser.
Que as pessoas discutam o assunto. Que alguém acorde. Que o mundo mude.

Que eu me acalme. Que o amor sobreviva.

"CUIDE BEM DO SEU AMOR, SEJA ELE QUEM FOR"



HERBERT VIANNA
cantor e compositor

#WTFF??!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©